Cartão SUS Digital – Meu DigiSUS

Cartão SUS Digital – Meu DigiSUS
2.5 (50%) 2 votos

Aqueles que contam com o Sistema Único de Saúde (SUS), possuem ou já conhecem o Cartão SUS Digital. A ferramenta amplia o acesso ao Cartão Nacional de Saúde (CNS). E facilita o processo de atendimento do público e agiliza a marcação de consultas e exames.

Publicidade:

Além disso, com o cartão SUS digital é possível consultar as informações básicas de cada paciente, possibilitando um atendimento médico mais apurado.

Para instalar o aplicativo, basta acessar a loja virtual do smartphone ou tablet e procurar o nome “Meu digiSUS” e fazer o download gratuito. Posteriormente, e usuário deverá informar alguns dados como CPF, data de nascimento e e-mail.

meu digisus

Feito isso, será preciso inserir informações sanguíneas, nomes dos responsáveis pelo atendimento, dentre outras informações.

Publicidade:

Portanto, ao preencher todos os dados exigidos pelo aplicativo, as chances do paciente receber um atendimento melhor e voltado para suas necessidades serão maiores.

Se preferir, confira como fazer o seu Cartão SUS.

Quando surgiu o Cartão SUS Digital

O Cartão SUS Digital foi lançado em 2015, pelo Ministério da Saúde. Assim, tem como foco a universalidade do atendimento do cidadão no sistema e nos serviços de saúde do país.

O app apresenta as principais informações do paciente, tais como IMC (Índice de Massa Corpórea), exames feitos, alergias a medicamentos, entre outros dados.

De acordo com o Ministério da Saúde, a versão digital é uma ferramenta inovadora e de fácil acesso aos pacientes. Tendo em vista que, atualmente, mais de 70% dos brasileiros possui dispositivos móveis. Além disso, o Cartão SUS Digital possibilitou a diminuição de gastos com os cartões convencionais, feitos de papel e plástico.

Ainda, segundo o Ministério da Saúde, só em 2014, foram gastos mais de quatro milhões de reais com materiais, para fazer os cartões. Portanto, além de ser uma excelente ferramenta para o usuário da rede pública de saúde, o Cartão SUS Digital proporcionou mais economia para o Governo.

O que é o Cartão Nacional de Saúde e para quê serve

Conhecido como CNS, o Cartão Nacional de Saúde – agora incorporado ao app Meu digiSUS – é o documento possibilita ao cidadão acessar os serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde.

Para obter a CNS é preciso realizar um cadastro junto à unidade de saúde mais próxima. Geralmente, o pedido é feito no balcão de atendimento e o usuário recebe um número de identificação permanente. Entretanto, este deverá ser apresentado toda vez que precisar de atendimento médico na rede pública de saúde.

Todos os profissionais, desde quem atende até quem realiza o procedimento médico, também numeração no Sistema Único de Saúde. Desse modo, possibilita a organização e o armazenamento de informações necessárias para o atendimento de cada paciente.

Vale destacar que o Ministério da Saúde também pode analisar as condições dos cadastrados, com o intuito de melhorar e fornecer mais qualidade no atendimento dos pacientes.

Após a emissão do registro junto ao SUS, o usuário do Sistema único de Saúde poderá imprimir o cartão SUS. Bem como, consulta-lo pelo aplicativo do SUS para smartphones e tablets, disponível nas principais plataformas de dispositivos móveis.

Aplicativo Cartão SUS Digital (Meu DigiSUS)

O Meu digiSUS é a nova plataforma móvel e de serviços digitais oficial do Ministério da Saúde, onde o cidadão terá acesso às suas principais informações de saúde.

cartão sus digital

Por meio do aplicativo, é possível acessar três tipos de serviços diferentes:

  • Atendimento SUS: nesta aba é possível visualizar os agendamentos de consultas e todos os procedimentos feitos pelo paciente. O app permite que o Ministério da Saúde seja informado sobre o atendimento completo do cidadão, além de sua avaliação.
  • Minha Saúde: essa parte mostra as informações gerais de cada cidadão. Por exemplo, a lista de medicamentos que foram recebidos pelo programa “Aqui tem Farmácia Popular” e a lista de vacinas recebidas. Além do mais, o aplicativo permite a denúncia de medicamentos lançados indevidamente no nome do cidadão e facilita o acesso à lista de transplantes.
  • Serviços ao cidadão: aqui o usuário poderá consultar estabelecimentos de saúde próximos a sua localidade. Sendo possível adiciona-los a uma alista de favoritos.

Entretanto, para ter total segurança nas informações inseridas no aplicativo, o cidadão deverá procurar uma unidade de atendimento do SUS e atualizar os dados junto a um profissional da rede.

Quem pode ser atendido pelo SUS

O cidadão que for naturalizado ou nascido no Brasil tem o direito de ser atendido pelo Sistema Único de Saúde. Aliás, este atendimento poderá ser feito em qualquer lugar do país.

A proposta do Ministério da Saúde é que casos com menos urgência possam ser resolvidos de forma simples. E ainda, nestes casos, com mais agilidade, o que favorece ainda mais o atendimento dos pacientes.

Dessa maneira, o sistema de atendimento do SUS acontece em três vertentes:

  1. Unidades Básicas de Saúde (UBS);
  2. Clínicas e Unidades de Pronto Atendimento (UPA);
  3. E por último estão os hospitais.

As UBS estão disponíveis como uma porta de entrada ao SUS. Onde é possível, todavia, marcar exames e realizar procedimentos menos complexos, aplicação de vacinas e curativos.

Na segunda vertente estão as UPAS que realizam procedimentos básicos, como tratamentos, casos crônicos e diagnóstico de algumas doenças. Na terceira estão os hospitais, responsáveis pelo tratamento de doenças complexas, procedimentos cirúrgicos e manobras invasivas.

DATASUS: Acesso a informação

Além do direito de ser atendido com qualidade, o cidadão tem acesso a informações sobre todos os serviços de atendimento, disponíveis em diversos canais, como telefones, aplicativos e sites. Um desses canais é o Portal de Saúde do Cidadão, através dele o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) passa a ter acesso ao seu histórico de registros das ações e serviços de saúde no SUS.

O Portal é dividido em duas áreas:

  • A primeira com acesso livre ao cidadão. Onde é possível acessar informações sobre o Cartão Nacional de Saúde, permitindo também um pré-cadastro.
  • A segunda área é restrita para quem possui o cartão e senha de acesso. Nela estão contidas informações pessoais, como exames, procedimentos médicos e medicamentos adquiridos pelo Programa Farmácia Popular.

O usuário também pode acrescentar informações que julgue importantes relacionadas à sua saúde, por exemplo, como alergias, e preferências de atendimento. O cidadão também poderá permitir ou não que profissionais acessem suas informações pessoais.

Contudo, quem ainda não possui o cartão, poderá realizar a emissão por meio do pré-cadastro oferecido no site. Para mais informações, acesse o canal de teleatendimento do SUS através Disque Saúde 136.